Image Map

24 de dezembro de 2017

O Diário da Mamãe: Os dois primeiros meses da Pietra!

Oiii pessoasss,
Sei que hoje é véspera de Natal e talvez muita gente nem vá ficar no computador, tablet, celular acompanhando blog, vídeos e postagens do face e instagram, mas mesmo assim, resolvi postar o nosso primeiro Diário da Mamãe pois, acumulou dois meses e quero fazer em tempo real, todo mês certinho. Então vamos lá, como disse no post Bem-Vinda Pietra, ela nasceu no dia 13 de outubro, de parto cesariana, aqui em Santos, correu tudo bem, tivemos alta dois dias depois e aí começou de fato minha vida como mãe de verdade, em casa, aprendendo na prática como cuidar e lidar com um bebezinho.
Vamos ao 1º mês, por ter feito parto cesárea, meu leite demorou a descer e tivemos problemas com a amamentação, até porque baby Pietra não sabia mamar e tinha preguiça de aprender, rs... foram 4 dias que ela mal mamou, chorou  choramos muito, até conseguir resolver a situação, fomos no Banco de Leite do HGA, fomos à dois pediatras, pesquisamos no Google, enfim... foram dias árduos persistindo e insistindo até que graças à Deus ela pegou meu peito que já tinha leite, sem o bico de silicone que ela usava pois, meu bico era plano e ela não gostava, a solução foi usar o bico artificial, os pediatras não são fãs, mas antes mamar leite materno com bico de silicone, do que entrar na fórmula (essa é minha opinião). Passado o 'drama' da amamentação, o resto foi tranquilo, achei que não conseguiria dar banho e tirei de letra, trocar fralda foi fácil, parece que eu já fazia isso há tempos, o sono dela é tranquilo e profundo, ela não dá trabalho, só chora quando tem fome ou cólica.
Com uma semana, ela tomou as duas primeiras vacinas, eu não tive coragem de ficar junto, deixei com o papai, ela nem chorou, já eu, me acabei de chorar do lado de fora da sala (mãe é boba mesmo né?), rs... com vinte dias, ela fez o exame do pezinho, quem entrou com ela foi a madrinha pois, mais uma vez não tive coragem de ver minha 'pacotinha' sendo furada (tenho fobia de agulha), o resultado não podia ter sido melhor, bebê saudável, sem problemas! E assim passou o nosso primeiro mês juntas, consultas semanais ao pediatra, dificuldade na amamentação resolvida com sucesso, vacinas e exames em dia.
O 2º mês foi mais calmo, já nos adaptamos uma à outra, criamos nossa rotina, e estamos aprendendo com o dia-a-dia a melhorar nossa convivência, como ela ainda não fala, tento identificar o que ela quer pelos sons que já faz, pelas carinhas, enfim, observo tudo e tem dado certo. No dia em que ela completou 2 meses, teve que tomar 4 vacinas, dessa vez não foi tão fácil quanto a primeira, nem o papai aguentou ver a 'judieira' que foi pois, ela chorou muito e teve reação, ficou febril e com a perninha dolorida (foi de cortar o coração), mas é um "mal" necessário, o importante é ela estar protegida. Fomos na consulta mensal ao pediatra e as notícias foram ótimas, ela estava com peso e altura proporcionais, saudável e forte, apenas mamando a cada 3 horas no peito!
Ela continua boa de cama, adora dormir, chora muito pouco e é super risonha, literalmente uma bebê feliz! Não saímos muito com ela de casa pois, temos receio por ser muito novinha, mas de vez em quando arriscamos uns passeios, descobrimos que não podemos passar muito tempo na rua com ela, acho que fica stressada com o barulho, o movimento, o calor, etc... Aos pouquinhos vamos acostumando ela a passear com moderação para que não haja stress à noite quando chegarmos em casa.




É isso, espero que gostem de acompanhar minhas experiências de mamãe de primeira viagem, deixem seus comentários e sugestões, vou adorar ler!
Um Feliz Natal à todos =)

Bjinhooo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Veja também: